Archive for How-To

VirtualBox “Spawning Session” error

Para os utilizadores da VirtualBox que nos últimos tempos fizeram updates ao sistema, já devem ter-se deparado com uma janela idêntica à de baixo, e que nunca sai dos 0% quando tentam iniciar uma maquina virtual.

Para resolver este problema basta executar no terminal:

$ killall VirtualBox
$ sudo /etc/init.d/vboxdrv setup

E pronto, problema resolvido.

Anúncios

Deixe um Comentário

VirtualBox num Core Dedicado

Actualmente os sistemas multi-core já são bastante comuns, o que torna possível correr varias aplicações em simultâneo sem sobrecarregar o PC, ao contrario do que acontecia antes.

Outra vantagem é a possibilidade de escolher o core no qual a aplicação vai correr, o que para os utilizadores da VirtualBox que estão a ter uma  percentagem de utilização da CPU bastante elevada. A escolha do core é feita com recurso ao taskset.

Nas distribuições mais recentes o taskset já vem instalado por defeito, mas caso não esteja instalado

$ sudo apt-get install util-linux

Para determinar o id do core procurar a linha core id depois de executar o comando

$ cat /proc/cpuid

Depois é substituir esse valor em [core_id] para obrigar a VirtualBox a correr nesse core

$ taskset -c [core_id] virtualbox

Em vez do nome do processo também se pode utilizar o seu PID (obtido através de $ ps ax)

$ taskset -c [core_id] -p [process_id]

Deixe um Comentário

VirtualBox e actualizações de Kernel

Quem utiliza a VirtualBox como ferramenta de virtualização e actualizou recentemente o Kernel do sistema para o Kernel 2.6.24.21 ou superior, já deve ter reparado no erro que aparece quando tentam iniciar uma máquina virtual.

Isto foi o que me aconteceu ontem, e pelo que consegui apurar este erro ocorre devido á diferença de datas de disponibilização do pacote virtualbox-ose-modules-[versao_do_kernel] e a ultima versão do kernel. Ou seja quando a ultima versão do kernel é disponibilizada nos repositórios o pacote virtualbox-ose-modules-… não é actualizado imediatamente, originando o erro.

Supondo que a disponibilização do kernel 2.6.24-21-generic (para saber a versão executar $ uname -r) e dos módulos para este andavam a par, bastava executar no terminal

$ sudo apt-get install virtualbox-ose-modules-2.6.24-21-generic

$ sudo /etc/init.d/vboxdrv start

Mas como a Canonical não disponibiliza estes dois pacotes ao mesmo tempo, coisa que não se compreende, ocorre este erro. Assim temos que fazer a instalação do pacote a partir do código fonte (basicamente vamos gerar o pacote). Para isso executamos no terminal

$ sudo apt-get install virtualbox-ose-source

$ sudo m-a prepare

$ sudo m-a auto-install virtualbox-ose

Agora que os módulos necessários já se encontram instalados temos que adicionar o nosso utilizador ao grupo vboxusers

$ sudo adduser [nome_de_utilizador] vboxusers

P.S – Este passo pode ser ignorado se o utilizador já tiver sido adicionado previamente.

Depois da conclusão de todos os passos vamos inicializar o serviço vboxdrv

$ sudo /etc/init.d/vboxdrv start

Agora já é possível utilizar a VirtualBox normalmente sem erros.

Comments (1)

MooSplash

Já andas farto do mesmo splash scren, então fica aqui uma alternativa – o  MooSplash. O MooSplash é um splash screen inspirado no cowsay, que para quem não sabe é um programa que gera imagens ASCII de uma vaca com uma mensagem, mas também possível gerar imagens de outros animais.

  -----------------------------------
 < Welcome to bytezone.wordpress.com >
  -----------------------------------
         \   ^__^
          \  (oo)\_______
             (__)\       )\/\
                 ||----w |
                 ||     ||

Para instalar o MooSplash é só seguir as instruções listadas em baixo:

Abrir o terminal e executar o seguinte comando para fazer o download

$ wget http://ppa.launchpad.net/corenominal/ubuntu/pool/main/m/moosplash/moosplash_0.01_i386.deb

Para instalar

$ sudo gdebi moosplash_0.01_i386.deb

Depois da instalação é necessário instalar o StartUp-Manager, que é utilizado para gerir os splash screens bem como outras definições.

$ sudo apt-get install startupmanager

Para configurar o StartUp-Manager

$ gksudo startupmanager

Ou ir a Sistema > Administração > StartUp-Manager

Quando o StartUp-Manager abrir, ir ao separador “Aparência” e seleccionar “moosplash” no “USplash themes“.

Fechar o StartUp-Manager e reiniciar o PC

Comments (1)

RealPlayer para Linux

Já está disponível para download o Real Player 11 para Linux, baseado no projecto OpenSource Helix player, permitindo assim a reprodução de ficheiros RealMedia (.rm e .rmvb) para além de outros formatos.

Para instalar, ir para a pasta onde se encontra o ficheiro RealPlayer11GOLD.bin (clicar no botão direito do rato e escolher “Abrir na Consola”) e executar os seguintes comandos no terminal como root.

$ su

[ Introduzir a password de root ]

$ mv RealPlayer10GOLD.bin /usr/bin

$ cd /usr/bin

$ chmod +x RealPlayer10GOLD.bin

$ ./RealPlayer10GOLD.bi

Aceitar os parâmetros de instalação que basicamente é pressionar [ENTER] e [F] ao longo da instalação.

Download – RealPlayer11GOLD.bin

Deixe um Comentário

Desligar o “beep” de sistema em Linux

Para quem já anda, como eu, farto de ouvir aquele beep irritante que vêm das entranhas do PC, mesmo com as colunas desligadas, fica aqui uma dica para o desligar e o substituir por um “beep visual”.

Para desligar esse som irritante é só ir a “Sistema > Preferências > Som

desktop

Depois no separador “system beep” desmarcar a caixa de texto “enable system beep” e marcar a caixa “visual system beep“. Esta solução só é valida para o utilizador actual e dentro do ambiente Gnome.

sound_preferences

Uma solução mais abrangente é executar no terminal

$ nano /etc/modprobe.d/blacklist

e adicionar a seguinte linha ao ficheiro

blacklist pcspkr

Para uma solução temporária executar o seguinte comando no terminal

$ sudo modprobe -r pcspkr

Comments (1)

Instalar splash screens no Ubuntu com o Splashy

Para quem anda farto de ver sempre o mesmo splash screen quando o sistema inicia existe uma aplicação que o permite modificar de uma maneira muito simples, o splashy.

O splashy é uma aplicação que corre em modo de utilizador ambientes UNIX. Com esta aplicação não existe a necessidade de aplicar patchs ao kernel, uma vez que são utilizados framebuffers para mostrar a barra de progresso e as imagens.

Antes de passarmos à instalação temos que verificar alguns requisitos

Requisitos

  1. Libraria standard de C (glibc)
  2. Placa gráfica (lool)
  3. Kernel com suporte a framebuffers (default na globalidade das distribuições)
  4. Kernel 2.6.xx.xx

NOTA – Para activar o framebuffer é necessário adicionar os argumentos “vga=791 splash” aos parâmetros do kernel no ficheiro /boot/grub/menu.lst. Estes argumentos devem ser introduzidos a seguir a

kernel /boot/vmlinuz-2.6.xx-xx-generic root=/dev/sda2 ro quiet

ficando

kernel /boot/vmlinuz-2.6.xx-xx-generic root=/dev/sda2 ro quiet vga=791 splash

Instalação do splashy

Adicionar o repositório do splashy introduzindo as seguintes linhas no fim do ficheiro /etc/apt/sources.list

## Splashy
deb http://splashy.alioth.debian.org/debian/ unstable main

Fazer o update e instalar o splashy

bu@coiso ~ $ >sudo apt-get update
bu@coiso ~ $ >sudo apt-get install splashy splashy-themes

Instalação de splash screens

Agora que o splashy já está instalado vamos instalar a tarball que contém o tema

bu@coiso ~ $ >sudo splashy_config -i <path_da_tarball>
bu@coiso ~ $ >sudo update-initramfs -u

Outra forma de instalar temas é de forma manual, para isso

  1. Fazer o download da tarball
  2. Extrair a tarball em /etc/splashy/themes
  3. Executar no terminal
    bu@coiso ~ $ >sudo update-initramfs -u

Para escolher o tema pretendido executamos no terminal

bu@coiso ~ $ >sudo splashy_config -s <nome_do_tema>

E pronto, o tema escolhido já está disponível da próxima vez que reiniciarem o PC.

Alguns temas
Para mais informações visitar – Splashy Homepage

Deixe um Comentário

Older Posts »